A Associação Beneficente de Coleta de Sangue (Colsan) aproveita o Dia Nacional de Combate ao Câncer, celebrado em 27 de novembro, para chamar a atenção sobre a importância da doação de plaquetas para o tratamento de pacientes com câncer. 

Com a saúde debilitada em razão da doença e pelo tratamento quimioterápico e/ou radioterápico, o indivíduo tem a capacidade de reposição de sangue diminuída e acaba tendo insuficiência de plaquetas circulantes, aumentando assim os riscos de sangramentos, passando a depender das plaquetas doadas para reduzir as chances de hemorragia.

O processo de doação é rápido, dura aproximadamente 90 minutos, e pode ser agendado em postos de coleta do Hospital Municipal Carmino Caricchio – Tatuapé, São Caetano do Sul, Jundiaí e Sorocaba. 

Para saber como funciona o processo de doação, clique aqui.