Hipertensão Arterial



A Hipertensão Arterial é a mais frequente das doenças cardiovasculares no Brasil. É um dos principais fatores de risco para complicações como acidente vascular cerebral e infarto agudo do miocárdio. 

A doença é silenciosa e assintomática na maior parte do  seu curso. Alguns pessoas nem desconfiam que são hipertensas. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), a pressão arterial é considerada alta quando está acima de 140 (máxima) por 90 (mínima).



Cuidar e prevenir a hipertensão é possível modificando o estilo de vida: praticar atividade física, cuidar da alimentação, evitar o tabagismo e uso excessivo de álcool são fatores  que influenciam no aparecimento da doença. Uma alimentação adequada, especialmente cuidadosa com o consumo de sal, merece uma atenção especial, já que está diretamente ligada a progressão da doença. 

Comer sal em excesso pode potencializar e acelerar as complicações do problema no organismo.  

Quer  reduzir o consumo do sal em casa?  Confira algumas dicas:

1. Retire o saleiro da mesa. Muitas vezes, só o costume, faz com que você adicione sal na comida sem necessidade;

2. Mesmo com a comida pronta ou ainda no preparo, é importante experimentar cada etapa para identificar se o tempero já é suficiente. Experimentar vai ajudar a evitar exageros;

3. É importante tentar reduzir gradualmente o uso de sal e condimentos com sal (alho e sal, temperos em cubo e em pó) no preparo de alimentos. Produtos industrializados como esses,  já possuem muito sal na sua composição;

4. Use substitutos para o sal em casa como o sal de ervas. Ele é uma alternativa para deixar a comida gostosa, menos salgada e mais temperada. 

 

imagem site


O Sal de Ervas, apesar de reduzir 50% da quantidade de sal, comparado a uma xícara inteira que poderia ser usada em casa,  deve ser usado com moderação.

Fonte: blog.saúde.gov.br/promoção-da-saude